DEMO

Como aumentar a visibilidade da sua empresa com Newsletters?

Por Joana Mateus | 27 Janeiro 2016

Por vezes pensamos que devemos enviar newsletters porque todos os outros o fazem, ou apenas porque queremos fazer crescer a nossa visibilidade, mas não temos uma noção clara de como o fazer. Se este é o seu caso, não se lance a este desafio sem ler este texto e entender realmente o que é uma newsletter, o seu propósito, a sua importância e as melhores práticas.

Então, o que é uma Newsletter?
Como o nome (em inglês) indica, trata-se de um email que chega a clientes e potenciais clientes, informando-os sobre as ultimas novidades e noticias relacionadas com a empresa, produtos e/ou serviços devendo ser suficientemente significativas para o leitor.
Uma Newsletter é também um teaser, dando ao leitor uma pequena amostra da melhor parte da noticia, servindo de engodo para que o leitor se dirija onde pretende. Aguçada a curiosidade, o leitor é encaminhado para o seu website ou landing page onde terá acesso a todos os pormenores da noticia que tanto o interessou.

Mas quais os benefícios de criar uma Newsletter?
Trata-se de uma forma económica e eficaz de construir uma relação com clientes e potenciais clientes. 
A investigação sobre esta temática revela que quando uma newsletter é feita correctamente, promove o aumento da receita uma vez que mantém o publico interessado na empresa ou marca, levando-o ao website, e possivelmente, a efetuar mais compras, ou pelo menos, a aumentar o reconhecimento da mesma tornando-a mais popular. Mais visitas ao seu website irão ter também um efeito positivo no ranking do mesmo nos sistemas de busca como o Google, colocando-o numa posição de maior visibilidade..

Quando os seus contactos estão fora, ou simplesmente ocupados, uma newsletter contendo informação relevante será uma mais valia, uma vez que irá manter o seu leitor atualizado com os ultimas noticias.

Talvez não tenha ainda pensado neste facto, mas uma newsletter é também uma boa forma de tornar a sua empresa visível nas redes sociais sem que tenha que dispender o seu budget de marketing em publicidade. Se for apelativa/atrativa será publicada e partilhada nas diferentes redes como o Facebook, Twiter ou o LinkedIn aumentando a visibilidade e o reconhecimento da sua empresa ou marca.

Deve ainda assim, ter em atenção, que mesmo quando conhece o potencial do envio de  uma newsletter, a chave é construí-la de forma a que as pessoas a queiram subscrever e ler recorrentemente o seu conteúdo. 

Tamanho e Frequência
Não existe uma formula exata que nos indique o quão longo deverá ser o conteúdo da noticia e qual a frequência do seu envio. As melhores práticas indicam, no entanto, que quanto mais regular for o envio, mais reduzido deverá ser o seu conteúdo - por certo, não haverá muitas pessoas dispostas a ler extensas páginas de noticias diariamente. Assim, recomenda-se que o seu conteúdo se resuma a poucos parágrafos que são enviados de forma espaçada, pois desta forma não fará com que os leitores se cansem dos seus emails.
Analise, portanto, a frequência na qual a sua empresa tem “noticias” para partilhar e procure os seus envios sejam consistentes, revelando assim uma estratégia e objetivos definidos e não que as noticias andam conforme as marés...

No que se refere à construção dos conteúdos, desenvolva textos breves, utilize tópicos e, se possível, recorra a imagens ou infografia relevantes por forma a cativar a sua audiência. Sempre que pretenda estender-se sobre algum tema, coloque junto do texto um “call to action” por forma a que o leitor seja encaminhado para outra página onde poderá obter mais informações sobre o mesmo.
Também aqui deve  existir alguma consistência na comunicação, devendo usar-se as mesmas fontes e estilos de linguagem para que o leitor associe rapidamente o email e o seu remetente, tomando consciência da sua marca.

Tenha sempre em mente que as newsletters são o engodo e portanto, devem ser apelativas!

Ser ignorado não é assim tão mau!
Pode pensar que esta ideia é completamente absurda tendo em consideração todo o tempo e esforço que despendeu na criação da sua newsletter, mas um cliente que não lê as suas noticias é certamente melhor do que um que simplesmente deixa de a subscrever, fazendo uso do botão “unsubscribe”, certo?

Lembre-se que está a construir relações, e portanto, os resultados podem não ser imediatos!

Monitorize a sua estratégia fazendo uso de relatórios de análise verificando o número de contatos que abrem o seu email e quantos estão a eliminá-lo sem o ler. Se as suas métricas ainda não o satisfazem, está na hora de implementar mudanças!
Sabia que uma das formas mais diretas para aumentar a sua taxa de abertura é o Assunto do seu email? Invista aqui algum tempo para criar um título realmente apelativo e que convença o seu destinatário a abri-lo. 

Reanalise agora os seus números! 

Na sua estratégia deverá considerar também a pesquisa sobre as taxas médias de abertura e de clicks para o seu país/sector por forma a verificar se os seus números vão ao encontro do esperado e se as suas expectativas são realistas...será perfeitamente natural não ter uma taxa de abertura de 99,9%!

Em Suma….
Lembre-se que a newsletter é uma componente da estratégia de marketing da sua empresa, que deve ser planeada delineando objetivos concretos a atingir e que as regras aqui mencionadas se aplicam também ao Mass Mailling. 

E agora que já sabe tudo sobre Newsletters, porque não constrói já a sua própria newsletter com o módulo de Marketing do Odoo? 

Fonte: Blog Odoo https://accounts.odoo.com/blog/business-hacks-1/post/how-you-can-use-newsletters-to-increase-your-popularity-194

Share